Regulamento

Preâmbulo
Este regulamento estabelece as regras e condições para participação na campanha “Jornada da Inovação”, promovida pela EMS S/A, com sede na Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença, KM 08, Bairro Chacara Assay, Hortolândia/SP, inscrita no CNPJ sob o nº 57.507.378/0003-65.
A inscrição na campanha implica no aceite integral pelo médico ou grupo participante dos termos do presente regulamento.
A participação na campanha é voluntária e gratuita, e não está subordinada a qualquer modalidade de sorte ou pagamento pelos participantes, nem vinculada à aquisição ou uso de qualquer bem, direito ou serviço da EMS, nos termos do artigo 3 da Lei n.º 5.768, de 20 de dezembro de 1971, regulamentada pelo Decreto n.º 70.951, de 9 de agosto de 1972.

1. A campanha “Jornada da Inovação”
A campanha “Jornada da Inovação” tem o objetivo principal de identificar lacunas entre doenças mal atendidas e sucesso terapêutico em que possamos atuar de diferentes formas.
A campanha “Jornada da Inovação” propõe que médicos e pesquisadores submetam sugestões ou ideias de projetos para inovação em diagnóstico; inovação em terapêutica; inovação em tecnologia; ideias de novos produtos que facilitem a jornada do paciente desde a conscientização sobre a doença até o sucesso terapêutico.
Nesse primeiro ciclo serão abordadas apenas as seguintes patologias pré estabelecidas pela EMS: Insônia, Obesidade, Hipertensão, Anemia e infecção por Helicobacter Pylori.

2. O que a campanha oferece a todos os participantes:
A EMS oferecerá a todos os inscritos na campanha, independente dos vencedores, um retorno sobre o resultado da campanha, cuja avaliação será realizada por executivos e médicos da EMS.

3. Sobre a premiação
3.1. Um participante inscrito em cada patologia será vencedor da campanha e terá direito a seguinte premiação:
-Oportunidade de apresentar seu projeto ou ideia para banca de executivos e médicos da EMS, quando receberá uma gratificação de R$10.000,00.
-Carta intenção de desenvolvimento de seu projeto.

4. Condições de participação
4.1. São consideradas elegíveis as inscrições de médicos ou grupos de pesquisa que tenham um representante, provenientes de todos os Estados brasileiros que tenham ideias ou projetos relacionados a uma das 5 patologias previamente definidas e descritas no item 1.
4.2. Os participantes devem aceitar todas as regras e condições deste regulamento e os termos de uso do site. Conforme tratado no preâmbulo deste regulamento, o ato de inscrição na campanha implica no aceite integral pelo participante dos termos do presente regulamento.

5. Inscrições
5.1 Para se inscrever na campanha “Jornada da Inovação” os participantes devem acessar a página da campanha www.jornadadainovacao.ems.com.br, criar um login e senha e preencher os campos do formulário de submissão.
5.2 Não estão disponíveis outros canais para envio das informações requisitadas ou de qualquer material adicional. Caso o recebimento de algum material aconteça por meio de outro canal que não o formulário de inscrição este, em hipótese alguma, será considerado durante o processo seletivo.
5.3. O formulário de inscrição é composto por perguntas que buscam coletar informações sobre o projeto ou ideia para embasar o processo de avaliação. Por esta razão, a maioria das informações é obrigatória.
5.3.1 Caso o participante deseje submeter mais de um projeto ou ideia à campanha, deve registrar cada um em submissões separadas.
5.3.2 Os projetos e ideias submetidas pelos participantes deverão estar alinhados ao tema da campanha e endereçar de forma clara pelo menos um dos pontos listados na jornada do paciente, conforme delimitadas no Anexo I a este regulamento. Projetos e ideias que não atendam a nenhum dos pontos listados serão excluídos da campanha e não serão avaliados.
5.4. As inscrições são gratuitas.
5.5. Os participantes são responsáveis por certificar que atendem aos requisitos para participação na campanha “Jornada da Inovação”.
5.6. O participante se responsabiliza pelo seu ato de inscrição, inclusive que: (i) não está legalmente impedido por terceiro a participar da campanha; (ii) o(s) projeto(s) apresentado(s) não está(ão) infringindo alguma obrigação de confidencialidade; (iii) o(s) projeto(s) apresentado(s) não está(ão) infringindo direitos propriedade intelectual de terceiros – incluindo-se direitos autorais.
5.6.1 Após a inscrição, caso a EMS venha a ter conhecimento de eventual violação ao item anterior, a EMS, poderá, a qualquer tempo, desclassificar o participante, nada sendo devido ao mesmo, sem prejuízo ou responsabilização do participante por quaisquer danos enfrentados pela EMS.
5.7. Caso seja constatado, em qualquer momento da campanha, qualquer ato de concorrência desleal, ilícito e/ou que infrinja o Código de Conduta do Grupo NC, conforme Anexo II desse regulamento, pelo participante, o participante será imediatamente desclassificado da campanha, podendo, inclusive, ser responsabilizado por tais atos.
5.8. A data de lançamento da campanha “Jornada da Inovação” será em 25 de Fevereiro de 2019 com encerramento das inscrições às 23h59 do dia 31 de Maio de 2019.

6. Etapas da campanha e critérios de avaliação
6.1. A EMS é responsável pela avaliação dos projetos submetidos à campanha por meio da plataforma www.jornadadainovacao.ems.com.br.
6.2. O processo seletivo será realizado por uma comissão de avaliadores formada por executivos e médicos da EMS e garantem total imparcialidade aos participantes.
6.3. O ciclo principal da campanha está estruturado em 05 (cinco) etapas:

Etapa 1 – INSCRIÇÃO ONLINE – delimitada na seção 5 deste regulamento.
Etapa 2 – AVALIAÇÃO fase I – Nesta etapa, as ideias ou projetos submetidos pelos participantes são avaliados pelo corpo de avaliadores da EMS, com o objetivo de identificar os projetos e ideias com maior aderência aos objetivos da campanha.
Etapa 3 – Evento na EMS para 5 selecionados de cada patologia
Etapa 4 – AVALIAÇÃO fase II
Etapa 5 – Evento final de premiação

Conforme acima, a avaliação será conduzida em 02 (duas) etapas:

Fase I de avaliação – Avaliação das ideias e projetos com base nas informações submetidas nos formulários online. Durante esta fase, a EMS poderá solicitar aos inscritos o envio de novas informações ou detalhamentos relativamente aos projetos ou ideias já submetidos na plataforma, os quais deverão ser apresentados no prazo de 05 (cinco) dias a contar da solicitação, sob pena de desclassificação do inscrito pela EMS
A fase I de avaliação será baseada em 06 (seis) critérios:
1. Alinhamento da solução ao tema principal da campanha – Peso 20%
2. Potencial de aplicabilidade e escalabilidade – Peso 20%
3. Diferencial e benefício tangível – Peso 20%
4. Caráter inovador do projeto – Peso 15%
5. Consistência e qualidade da apresentação – Peso 15%
6. Grau de maturidade – Peso 10%
A pontuação de cada projeto ou ideia dos participantes na Fase I será calculada através da média ponderada dos 06 (seis) critérios e respectivos pesos.
Ao final da Fase I serão selecionadas para a Fase II de Avaliação, apenas os projetos ou ideias que atendam aos seguintes critérios de seleção na Fase I:
• Pontuação mínima de 4 na Fase I
• Classificação entre os 5 (cinco) melhores projetos ou ideias de sua patologia na Fase I
Serão selecionados apenas os projetos ou ideias que cumpram os 02 (dois) critérios acima mencionados. Caso exista empate(s) na lista dos melhores projetos ou ideias classificados na Fase I, a EMS poderá passar mais de 5 (cinco) projetos ou ideias por patologia para a Fase II de avaliação.

Fase II de avaliação – Os participantes que tenham seus projetos ou ideias selecionados na Fase I (conforme os 02 critérios de seleção obrigatórios indicados acima) serão avaliadas numa segunda fase, a Fase II, com base em entrevistas presenciais ou online a serem conduzidas por avaliadores da EMS. Os critérios de avaliação e respectivos pesos (para ponderação) da Fase II serão os mesmos da Fase I.
Nessa fase, a EMS poderá, a seu único e exclusivo critério, convidar alguns dos classificados para apresentar presencialmente seu projeto ou ideia.
Os inscritos, ao participarem da campanha, reconhecem que não há promessa de investimento ou de parceria por parte da EMS ou potenciais parceiros da EMS, nada podendo ser exigido por parte dos participantes nesse sentido.
O não comparecimento à Fase II ou à apresentação (de forma presencial ou via entrevistas online) será motivo suficiente para desclassificação do participante da campanha. Os participantes serão informados das datas, local e requisitos de participação por meio da plataforma on-line ou pelo e-mail cadastrado na mesma.
Um participante de cada patologia com a maior pontuação na Fase II e com uma nota mínima de 4,0, será vencedor da campanha “Jornada da Inovação” e elegível à premiação oferecida caso atenda a todos os requisitos para recebimento do prêmio, conforme indicados na seção 3 deste regulamento.
Caso exista a situação de empate na nota final, o desempate será feito a partir da escolha do participante finalista que obteve a maior nota na Fase I. Caso, ainda assim, o empate persista, a escolha dos vencedores caberá à EMS que, a seu exclusivo critério, definirá como vencedores os participantes que entender que melhor corresponderam aos objetivos e temas da campanha.

7. Anúncio dos projetos ou ideias vencedoras da campanha
O anúncio do participante vencedor de cada patologia está previsto para ocorrer entre Outubro e Novembro de 2019, no evento de encerramento da campanha, e será publicado no mesmo dia no site www.jornadadainovacao.ems.com.br.

8. Custos
A EMS irá arcar com os custos referentes a transporte, alimentação e hospedagem dos participantes nas etapas presenciais da campanha (etapa 3, entrevistas presenciais e evento final).
No entanto, qualquer custo adicional necessário para permanência dos participantes na campanha “Jornada da Inovação” ficará a cargo dos próprios participantes, não tendo a EMS responsabilidade por custeá-los.

9. Colaboração para mídia e direito de imagem
9.1. Os participantes da campanha “Jornada da Inovação” concordam em estar disponíveis para o relacionamento com a mídia e canais de comunicação. Os participantes concordam em participar de entrevistas e reportagens que eventualmente sejam requisitadas, não sendo possível a abstenção dessas formas de relacionamentos com os canais de comunicação envolvidos com a campanha.
9.2. Nenhum participante será obrigado (e não é aconselhável que o faça) a fornecer qualquer tipo de informação que julgue sigilosa, confidencial ou não pertinente ao seu projeto ou ideia.
9.3 Ao proceder a inscrição, o participante autoriza a EMS, em caráter irretratável e irrevogável, a:
9.3.1 Utilizar e veicular as eventuais fotografias e gravações de imagem realizadas, para fins de publicidade institucional, sem qualquer limitação de número de inserções e reproduções;
9.3.2 Utilizar e veicular as eventuais fotografias e gravações de imagem realizadas acima referidas no site da EMS na Internet, nas redes Intranet e Extranet da EMS;
9.3.3 Utilizar e veicular as eventuais fotografias e gravações de imagem realizadas na produção de quaisquer materiais publicitários e promocionais e/ou institucionais para fins de divulgação da EMS, a serem veiculados, no Brasil e/ou no exterior, em quaisquer veículos, formatos e mídia (televisão, cinema, mídias impressa e alternativa, redes sociais, etc.), sem limitação de número de inserções e reproduções;
9.4 Todo o(s) material(is) publicitários referidos nos itens anteriores serão produzidos para utilização pela EMS, pelo prazo de 05 (cinco) anos, a contar da data de inscrição.
9.5. A EMS fica autorizada a executar livremente a montagem das eventuais fotografias e gravações de imagem realizadas e dos materiais publicitários, podendo proceder aos cortes e às fixações necessárias, utilizando-as, no entanto, para os fins previstos neste regulamento, e responsabilizando-se pela guarda e pela utilização das obras produzidas.
9.6 Todo o material produzido será de titularidade da EMS.
9.7 As autorizações descritas acima não implicam em qualquer obrigação de divulgação ou de pagamento de qualquer quantia por parte da EMS.

10. Documentos
10.1. Diretrizes Gerais
10.1.1 10.1.1 Os documentos entregues à EMS no âmbito da campanha “Jornada da Inovação” deverão ser de caráter original, inovador e empreendedor, ou então, configurar inovação de mercado, ficando expressamente proibido o plágio, contrafação, total ou parcial e/ou outras infrações à propriedade intelectual de terceiros. Em caso de violação de direitos de terceiro o participante será eliminado da campanha, sem prejuízo ou implicações legais. Ao se inscreverem na campanha, os participantes atestam que o material é original e não infringe propriedade intelectual de terceiros.
10.2. O não cumprimento dos prazos estipulados pela organização da campanha “Jornada da Inovação” para a entrega dos documentos requeridos em cada etapa é passível de eliminação da competição. Além disso, a não adequação às formatações e restrições propostas para cada tipo de documento solicitado ao longo da campanha também é passível de eliminação.

11. Propriedade intelectual e confidencialidade
11.1 Ao submeter o material para a campanha “Jornada da Informação” o participante assume que toda e quaisquer informações enviadas não são protegidas, podendo a EMS utilizá-las no futuro sem qualquer ônus. Os conteúdos cadastrados serão divulgados apenas à EMS e eventualmente a outros avaliadores indicados por ela. Sendo assim o inscrito deve adaptar e zelar pelo seu material para que eventualmente evite revelar informações que comprometam sua estratégia de Proteção de Propriedade Intelectual.

12. Disposições Finais
12.1. Todas as decisões tomadas pela EMS no âmbito da campanha “Jornada da Inovação” não serão passíveis de recurso.
12.2. Toda a comunicação oficial com os participantes se dará via plataforma on-line oficial da campanha “Jornada da Inovação”, ou através do envio de e-mails para os endereços cadastrados no formulário de inscrição online ou durante as etapas presenciais acima mencionadas.
12.3. É terminantemente proibido transmitir, trocar ou publicar, por meio do website, qualquer material de cunho obsceno, difamatório ou ilegal.
12.4. A plataforma poderá monitorar as áreas públicas do site, podendo, sobretudo em razão de denúncia do conteúdo por outros usuários do site, retirar do ar quaisquer informações e conteúdos que sejam publicados em desacordo com os termos de uso do site.
12.5. Todos os projetos e ideias enviadas deverão apresentar aderência ao tema geral da campanha e a pelo menos um dos pontos indicados em “Jornada do Paciente”, disponíveis no ANEXO I deste regulamento e no site.
12.6. A qualquer momento, a presente campanha poderá ser revogada ou anulada, no todo ou em parte, e o seu cronograma poderá ser alterado, sem que isso implique direito à indenização ou reclamação de qualquer natureza por quaisquer dos participantes.
12.7. O não cumprimento das regras descritas no presente documento para a realização de inscrições por parte dos participantes facultará razão à EMS para desclassificação.
12.8. Conforme indicado no preâmbulo, a campanha “Jornada da Inovação” é uma concurso de caráter exclusivamente cultural, sem estar relacionado a nenhuma modalidade de sorteio ou pagamento, sem ser vinculada à aquisição ou ao uso de qualquer bem, direito ou serviço, nos termos do artigo 3 da Lei n.º 5.768, de 20 de dezembro de 1971, regulamentada pelo Decreto n.º 70.951, de 9 de agosto de 1972.
12.9. A submissão de inscrições para a campanha “Jornada da Inovação” configura a aceitação dos participantes dos termos do presente regulamento.
12.10. Casos omissos serão deliberados pela EMS.
12.11. A campanha e o presente regulamento são regidos pelas leis da República Federativa do Brasil. Fica desde já eleito o foro da Comarca de São Paulo do Estado de São Paulo, para solução de quaisquer questões referentes ao presente regulamento e/ou à campanha.
12.12. Ficará vetada a participação de colaboradores da EMS e/ou das empresas que fazem parte do mesmo grupo econômico.
12.13 A participação na presente Jornada da Inovação implicará no total e integral reconhecimento das condições e aceitação irrestrita deste Regulamento.

ANEXO I – Descritivo da campanha e das soluções procuradas pela EMS para a Jornada do Paciente

A campanha
Para nós, viver bem é algo que sempre buscamos. Por isso, quando falamos do sucesso da jornada de tratamento do paciente, estamos falando de diversas variáveis importantes. Dentre elas podemos citar a conscientização sobre a doença, o acesso à saúde, o diagnóstico correto, a tecnologia de tratamento (medicamento) e a adesão. As dificuldades nessa jornada podem ser ainda maiores quando falamos de doenças mal atendidas. Nesse sentido, você, doutor(a), e nós, indústria farmacêutica, somos poderosos agentes que podem se unir como facilitadores desse caminho, trabalhando sempre a favor da saúde e levando acesso à população. Pensando nisso, estamos em constante movimento, buscando soluções inovadoras para o desafio de cuidar das pessoas. Por esse motivo, queremos convidá-lo(a) a participar da nossa I Jornada da Inovação, submetendo sua ideia ou projeto para ajudar a garantir o sucesso da jornada de tratamento do paciente.

Jornada do Paciente
A jornada do paciente diz respeito a todos os estágios e experiências que o paciente atravessa desde o momento em que identifica um sintoma até a etapa em que avalia o atendimento médico recebido.
O objetivo central da campanha “Jornada da Inovação” é buscar ideias e projetos que ajudem a facilitar a Jornada do Paciente em doenças que hoje atuamos apenas na tecnologia de tratamento.

Para poder participar da nossa campanha, seu projeto ou ideia deverá ter relação com pelo menos um dos itens listados abaixo sobre a Jornada do Paciente:

Conscientização sobre a doença: possui relação direta no tempo em que o paciente demora entre perceber seus sintomas ou predisposição à doença e efetivamente tomar uma ação e buscar um especialista. Quanto menor a conscientização, maior esse tempo, o que pode deixar a jornada do paciente mais difícil devido a complicações e custos adicionais de tratamento.
Acesso à saúde: a saúde no Brasil é um direito garantido na legislação pelo Estado através do SUS (Sistema Único de Saúde), porém sabemos que esse sistema é deficitário e, muitas vezes, não consegue atender um grande número de pacientes no tempo devido. Além disso, os cidadãos que possuem Plano de Saúde privado são minoria, por isso é também papel da indústria buscar alternativas para que o tratamento correto chegue até os respectivos pacientes.
Diagnóstico: algumas doenças são subdiagnosticadas devido à dificuldade do método existente para realizar esse diagnóstico. Outras porque há dificuldade em encontrá-lo ou determiná-lo corretamente. Em ambos os casos, a falta de assertividade no diagnóstico pode acarretar em complicações na gravidade da doença e muitas vezes acarretar ao fracasso terapêutico. Iniciativas para desenvolver métodos inovadores de diagnóstico podem auxiliar a garantir uma maior índice de sucesso na jornada do paciente.
Tecnologia de tratamento: é o medicamento prescrito pelo especialista para o tratamento da doença. Muitas vezes não é apenas um, mas uma co-prescrição de vários medicamentos que irão auxiliar o paciente em sua jornada. Por isso, pensar em ideias de novos medicamentos, formas farmacêuticas, administrações diferenciadas ou até associações de ativos, pode contribuir positivamente, facilitando a jornada do paciente.
Adesão ao tratamento: doenças crônicas, que envolvam polimedicação ou que tenham medicamentos de administração complexa acabam tendo baixa adesão ao tratamento e, consequentemente, uma Jornada do Paciente com pouco sucesso. Pensar em formas de garantir a adesão ao tratamento é um jeito de garantir o bem-estar e longevidade do paciente.